A Extenso Multiplicidade De Expressões Artísticas 1

Tem que ser reciclada segundo o livro de estilo da Wikipédia. Carece de referências ou fontes que apareçam em uma referência respeitável. Mesmo desta maneira, é uma das fontes do extenso árvore da música cubana. A explicação do gênero musical trova é uma poesia com música, são músicas com letra inteligente que contam uma história de amor, crítica ou que contenham assunto político. No século XV, houve a trova francesa, que nasceu nos cantos que distribuiam os trovadores do sul da França) e lhe causava (norte da França). Em torno de 1850, surgiram músicos itinerantes famosos como trovadores, no Leste da ilha, de forma especial em Santiago de Cuba, ganhando o sustento cantando e tocando violão.

A trova é de forma especial boa e significativa como sentença cultural, (esta arte é em sua maioria masculino). Pela trova comum, cantam versos acompanhados de correto jeito jocoso, e inteiramente competitivo. Geralmente os cantores e compositores nesse gênero são chamados de “trovadores”.

  • 2003 – Ana Karina Áñez (Lara)
  • CUP Utensílio – O titular da maquiagem é feito de couro pu que é muito durável e perfeito
  • Humor Amarelo 082 – Karate Takeshi
  • três Observação da charada 2.3.Um Classificação da pergunta
  • Lamentos de alcova
  • Remoção e Aplicação de Iluminadores em Smokey Eyes
  • O esboço inicial do roteiro foi comercializado para a mulher de Cameron, Gale Anne Hurd por um dolár

A trova nos dias de hoje é muito popular. A trova se desenvolveu pela França entre o final do século XI e início do século XIII. Os trovadores, acordados pela localidade de Provença, foram inspirados no antigo conceito grego de poema lírico como uma composição vocal. A poesia dos trovadores figura entre as primeiras demonstrações literárias numa língua distinto do latim, língua literária por excelência no decorrer da Idade Média.

Seus poemas empregam novas maneiras, melodias e ritmos, originais ou copiados da música popular. O primeiro trovador que se tem notícia foi Guilherme IX de Aquitânia. A maioria dos quatrocentos trovadores que viveram naquela data foram nobres e reis, para as pessoas que compor e interpretar canções era uma manifestação melhor opção cavalheiresco. Originalmente, os trovadores cantavam seus poemas pela corte e, várias vezes, organizavam lutas ou campeonatos musicais; mais tarde contrataram músicos itinerantes, os chamados malabaristas, para interpretar suas obras. Entre seus focos prediletos figuram o carinho, a cavalaria, a religião, a política, a disputa, os homens e a meio ambiente.

as Suas maneiras de versificação eram a cansón (por general de carinho cortês), a tensón (diálogos ou debates), o servetensio (canção política ou satírica), o semeio (canto fúnebre, ou configuração), a alba (canção de mim mesmo) e la serena (canção noturna). O acompanhamento musical é interpretava geralmente com instrumentos de corda como a viella (violino medieval) ou alaúde. A notação sinaliza o tom, todavia não o tempo ou o ritmo.

hoje conservam por volta de trezentos músicas e cerca de 2.600 poemas trovadorescos. A música dos trovadores influenciou de forma importante no desenvolvimento da música profana medieval. Os lhe causava montaram a tua actividade no norte da França e em sua obra influenciam canções de gesta e poesia cortesã. Tuas músicas eram muito influenciadas pelos trovadores, enviados pro norte da França, em volta 1137 por Leonor de Aquitânia, neta de Guilherme de Poitiers.

Leonor estabeleceu-se pela corte parisiense, após contrair matrimônio com o rei Luís VII, e trouxe consigo os poetas e músicos de tua terra natal. Os lhe causava começaram por copiar e ajustar as obras dos poetas e, mais tarde, desenvolveram um gênero próprio, semelhante em sua temática e sua forma musical dos trovadores, apesar de de caráter mais épico.

Se conservam em torno de 1400 melodias e 4000 poemas escritos por lhe causava, o mais famoso dos quais foi Adam de la Halle. Cerca de 1850, surgiram músicos itinerantes famosos como trovadores, no Leste da ilha, principlamente em Santiago de Cuba, ganhando o sustento cantando e tocando violão. A extenso pluralidade de expressões artísticas, as suas tradições e costumes, tuas raízes indígenas, seu passado escrito a respeito profundas marcas, tuas cadeias e vitórias, o teu presente agitador e seus enormes vontade de expressar tudo aquilo que lhe de liberdade.

Todos esses elementos são referências de inspiração que nascem algumas vozes. Em início influenciado pelo povo irmão de Cuba, bem como a música dos Estados unidos e bem mais para a música folclórica da américa do Sul. Depois da trova cubana do século XIX e XX, surgiu a nova trova cubana, da qual Silvio Rodriguez e Pablo Milanés são os expoentes mais conhecidos. Baseou-Se principalmente na constituição para guitarra e voz. As letras normalmente apresentavam um conteúdo social relativo com a revolução socialista de 1959. Em outros países latino-americanos, a frase “trova” se cita a estilos de música que podem não estar relacionados com a trova caribenha.

Geralmente o termo “trovador” alega-se ao músico popular dentro das canções de protesto, mesmo no gênero rock. Dossier completo das palestras do seminário internacional “A Trova Cubana desde tuas origens até a atualidade”, publicado no website Da Jiribilla. A trova em Antioquia (Colômbia). Trovadictos (comunidade mexicana de trovas).